Follow us on Twitter

New Age no dia 17 de dezembro de 2012

Evento reuniu trabalho de artistas locais e contou com a presença de  Negra Li e Papas da Língua

O final de semana foi marcado por muita arte, dança e união. O Afro Festival, que aconteceu nos dias 14, 15 e 16, na Vila Portuária (Vila da Regata), ao lado do Centreventos, em Itajaí, foi uma celebração a cultura Afro do estado. O evento, gratuito, contou com a participação de diferentes entidades representantes do movimento negro catarinense e trouxe Negra Li e Papas da Língua para consagrar o Festival.

Durante os três dias de festividades, o público pôde conferir uma série de atrações, além da exposição de trabalhos de artistas locais, apresentações artísticas e shows musicais. Para a presidente do grupo Mariama, Geni Cardoso Gonçalves, o Festival foi muito importante para valorizar a produção não só de moradores de Itajaí, como de Santa Catarina. “O primeiro passo já foi dado. Espero que este seja o primeiro evento de muitos”, diz.

De acordo com a produtora responsável pelo projeto, Deyse Felipe, ver a integração de diferentes grupos em um único evento é muito gratificante. “Mesmo com as inúmeras informações que temos nos dias de hoje, o racismo ainda está presente no nosso cotidiano e com eventos desse porte, pretendemos contribuir para o fim a discriminação racial através da informação e do conhecimento da rica cultura oriunda da África, praticada e discutida com muita seriedade por diversos grupos no Sul do país”, salienta. Segundo ela, a intenção é tornar o evento anual e inseri-lo no calendário cultural do estado.

Dentre as atrações do Afro Festival estiveram apresentações de capoeira, Maracatú e grupos musicais como Jeito Diferente, banda Jah É, Batuque na Cozinha, Bateria Show da Escola de Samba Imperador, apresentação da banda Tersamba e os grandes shows de Negra Li e Papas da Língua.

Categorias: New Age Comunicação

Deixe o seu Comentário